Minha Loja de Discos: Tropicália

Todo domingo o Canal Bis, ás 19h e 30m, reprisa uma edição do Minha Loja de Discos. Obrigado meu amigo Luiz que me apresentou ao programa!! Depois que você vê o primeiro fica até difícil perder os próximos. A série percorre diversos países em busca de bolachas e cenas musicais ativas e há algumas semanas o episódio exibido foi situado aqui no RJ, com a loja Tropicália Discos! Vale muito a pena assistir:

Record Store Day: Documentário sobre DJs e Vinil!

Os Djs são verdadeiros curadores do universo do vinil. Esse minidocumentário retrata a história de quatro Djs de Hip-Hop, em São Paulo, mostrando preferências musicas, influências e lógico, muito amor ao vinil. As lojas visitas foram a Patuá, Gringos Records e Casa Brasilis. O doc ganhou o nome de Record Store Day, que é o dia em que diversas lojas, nos EUA, fazem promoções simultâneas.

O documentário é apresentado pela galera da LRG Brasil e quem assina a direção é André Almeida. Os DJs em cena são Sleep, Kefing, Tamenpi e PG. Dê play e confira:

Feirão do Vinil celebra dia do Rock em Caxias do Sul

Passou o dia do Rock e o Jornal de Caxias aproveitou para fazer aquela boa e velha matéria sobre a cultura do disco de vinil. Os personagens e opiniões a gente meio que já conhece, mas sempre vale a pena conferir o amor e a diversidade do público que cultiva esse hábito de paixão pela arte. Dê play e confira um pouco da movimentação do feirão no dia mundial do rock:

Minha Loja de Discos: Baratos Afins!

No imenso mar de lixo na programação da TV brasileira tem pelo menos um programa que vale muito a pena assistir! É o “Minha Loja de Discos”, que uma vez por semana conta a história de diferentes estabelecimentos do mundo do vinil. Semana passada a loja visitada foi a tradicionalíssima Baratos Afins. Se você perdeu o programa dá pra ter essa aula sobre empreendimento e colecionismo dando play agora mesmo:

Otto fala sobre lançamento de seu primeiro Vinil

380x320-2Você provavelmente já conhece o Otto, cantor pernambucano, personagem da música popular brasileira mais recente. Ele chegou a fazer parte de formações iniciais do Nação Zumbi e Mundo Livre S/A, para depois embarcar em carreira solo. O quinto álbum dele, “Certa Vez Acordei de Sonhos Intranquilos”, foi relançado, desta vez em vinil e ele conversou com o Espaço Mix sobre isso. Vale a pena ver:

Continuar lendo